Pinguça

pinguça-flavours

Os licores PINGUÇA, genuinamente portugueses, querem contribuir para a imagem de um Portugal mais "irreverente" através de um design "cosmopolita". Saíram de um livro muito antigo, repleto de receitas de licores e da vontade de dois jovens arquitetos em dinamizar a agricultura local.

O Projeto foi criado em novembro de 2012 pelos arquitetos Pedro Noronha Dias e Filipa Casaca, que com muita imaginação, característica própria da profissão que escolheram, propuseram-se a "reinterpretar antigas receitas de licores, aliando um design claro e minimalista nas garrafas capaz de exportar a imagem do que de novo se faz por este Portugal repleto de ideias criativas..."

Apesar de ainda estar a dar os primeiros passos, os licores Pinguça ambicionam alterar a forma como se vê a produção nacional e mostrar que se pode aliar receitas antigas fornecidas pela mão da "Avó Micas" e produtos portugueses produzindo licores “Made in Portugal”.

Diferenciam-se de outras marcas de licores pelo design da garrafa, pala reinterpretação de receitas antigas de família e pelo pequeno impulso que pretendem dar à agricultura local, nomeadamente em algumas aldeias do concelho de Arouca – Alvarenga e Bouceguedim- de onde provêm os ingredientes para este "elixir" que se pretende de sucesso.

Todo este processo de produção dos licores teve início numa cozinha regional pequena e simples. Não obstante o pouco espaço disponível, aí habitavam as cubas encostadas aos cantos onde se reservavam os frutos e as especiarias mergulhadas em aguardente durante o tempo de "infusão"; o fogão onde as grandes e toscas panelas deixavam ferver o açúcar e água até estar "no ponto" e a mesa onde se processava o engarrafamento feito com a ajuda dos amigos que ali se encontravam para grandes reuniões de apoio e incentivo.

Os licores PINGUÇA podem servir de aperitivo, de brinde para momentos especiais da vida, ou ainda como uma agradável companhia numa longa noite de convívio e conversa de amigos. Apresentam-se já disponíveis os sabores “Avó Micas”, Bosque e Cacau. Apesar dos jovens impulsionadores deste projeto terem a marca no início da sua jornada, contam já com presença assídua em algumas feiras de produtos nacionais, procuram parceiros de referência enquanto pontos de venda em cada uma das cidades portuguesas.

A PINGUÇA é um produto certificado de qualidade “Arouca Geoparque" e, mais recentemente, recebeu o Prémio Rural Criativa 2013, promovido pelas industrias Culturais e Criativas Rurais.

O projeto-piloto começou em dezembro de 2012, com cerca de 250 garrafas produzidas de forma completamente artesanal e com recurso a investimento próprio. Neste momento, está a decorrer o "início de uma nova etapa na produção", com recurso a um novo design e novas parcerias com produtores locais.

A PINGUÇA pretende afirmar-se junto do público português, mas a ambição inclui também atravessar fronteiras e mostrar o que de novo se faz por cá.

Veja mais em: http://pinguca.squarespace.com/

Comments are closed.